13.2.14

Assim não

Não gosto daquelas pessoas que passam a vida a gabarem-se que são frontais e que dizem tudo na cara das pessoas. Quero dizer, eu também sou frontal mas não necessito de relembrar todos os segundos que o sou. E odeio também que se queixem com frases do género "Gostam de pessoas frontais mas depois ficam chateadas quando damos a nossa opinião." Acho que a) uma coisa é a verdade e outra a tua opinião; b) há que dizê-la num momento oportuno e nem toda a gente se lembra disso; c) e por fim, o mais importante, há que saber dizê-la.

18 comentários:

  1. Tens toda a razao, nao poderia ter dito melhor :)

    ResponderEliminar
  2. Existe uma diferença entre ser frontal e ser opinativo...
    Uma coisa é no dia á dia dizer as coisas como devem ser ditas porque não queremos ser cínicas. agora aqueles que passam a vida a dizer tudo sem teres um filtro na boca, isso não é frontalidade é estupidez natural.

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente contigo! Há pessoas que não distinguem frontalidade de opinião..
    R: Obrigada :)

    ResponderEliminar
  4. Exactamente !! Há que aprender a estar calado quando devemos !!! Enfim ..

    r: És doida, ainda passavas e ias ser famosa ahahahah : p

    ResponderEliminar
  5. love olsen! they are so great!
    very nice blog by the way :)

    kisses from Russia,
    Juliet
    RUSSIAN DOLL

    ResponderEliminar
  6. É mesmo, estava inspirada e saiu esta frase :)

    ResponderEliminar
  7. a frontalidade é algo imensamente complexo nesta sociedade....

    ResponderEliminar
  8. é mesmo verdade! -.-

    ps: estou a seguir-te :D

    ResponderEliminar
  9. Ainda bem.
    Concordo plenamente com o que aqui escreveste*

    ResponderEliminar
  10. sempre que alguém dissesse que é frontal ou que se queixasse que as pessoas não gostam de ouvir as verdades, deviam, automatica e imediatamente, ter que ler o teu texto! adorei, é que é mesmo assim!

    ResponderEliminar

P.S: Os comentários estão sujeitos á minha aprovação. Normalmente retribuo a tudo e só em casos extremos é que não os aprovo. Muito obrigada!